Entrevista com a Ever

Published 14/03/2012 by lizauguste

Hoje, uma tarde beem chuvosa na minha cidade e eu vou ter que sair …😦 Mas fazer o que né?! Em todo o caso a minha contribuição diária está aqui!

Essa é uma entrevista que achei no série imortais Brasil -pena que eles não postam mais… É uma “entrevista com a Ever” (ou não! kk), aproveitem!

Para começar, gostaria de pergunta-la como se sente a respeito dos fãs?
Ah, os fãs. Me responda que motivo eu teria para relatar minhas experiências e diversos finais felizes se não fosses por eles? se eles não fossem entender minha historia? é sempre bom ver que nem todas as pessoas mortais desacreditam na imortalidade.



Todos as questionam pelo fato de ter tomado uma decisão e ter aceitado o antidoto de Romam, mas você, com certeza tem uma boa explicação para essa confusão toda.
Bom. Eu queria que entendessem que eu não tinha saída. E até Damen mesmo me disse uma coisa muito linda “Se você não tivesse tomado a decisão logo, Romy não teria chegado a tempo, e hoje eu estaria condenado a Shadowland.” Admito que no começo me senti culpada, pelo fato de nunca ter pensado nas coisas deste modo, mas depois das palavras mais sinceras e acolhedoras de Damen, acho que entendi tudo. Eu definitivamente tomei a decisão certa. Por mais que não posso toca-lo ainda, pelo o menos ele está bem vivo do meu lado, e assim por toda a eternidade.



Bem… Falando em Damen. Queria saber se realmente descobriu quem ama mais, você ou ele?
Acho que não existe isso no nosso relacionamento, se colocado do lado que, nos encontramos em vidas e mais vidas por mais de quatrocentos anos. Eu amo Damen com todas as minhas forças, e tenho certeza de que ele sente o mesmo.

 
O fato de todas as garotas que colocam os olhos em Damen pirarem te incomoda? 
Um pouco. Mais por parte me sinto segura Damen já me deu provas o suficientes de que eu sou a unica garota da sua vida. De centenas de anos, e dezenas de vidas. Somos com certeza alma gemias de seculos e seculos atras. E permanecemos até hoje. Por mais que eu não esteja na mesma encarnação, ainda o amo.

 
E Jude? Vamos combinar, você se sente sim um pouco atraída por ele. Essa ligação de algumas décadas atras que vocês tem, ainda coexiste? como você mesma disse!
Digamos que Jude seja pra mim um grande e bom amigo, nada mais nada menos. Um grande e velho amigo que as vezes me dá sim, um pontada no estomago, mas basta que eu pense no olhar de Damen em como seu abraço é acolhedor que Jude diminuí a um zilhão. O único com quem me sinto ligada é Damen, e isso é mais do que claro.

 

Como você se deu com a trágica morte de Roman, e a acusação injusta de Haven? 
A morte de Roman foi pra mim o fim de uma luz que acendia bem la dentro. Quando eu estava tão perto de conseguir o antidoto, tudo foi tão rápido, foi como piscar os olhos, quando eu abri só o que vi foi o a camisa de linho branco de Roman cintilando com os pequenos cacos de vidros, e a mancha verde espalhada por ela. Foi horrível. Principalmente por que me dei conta de que Roman não é tão mal assim, só é carente, sozinho. E sinto mais remorso quando lembro que fui eu quem tirei o que ele julgava mais importante, eu quem matei Drina. E sobre a acusação de Haven, comecei a me dar com isso, e nem precisou encarar por muito tempo, a morte de Haven também me doeu. Me doi lembrar que mandei mais uma alma imortal, carente e sozinha pra shadowland.

 
Pra encerrar:  O que realmente é Summerland?
A felicidade plena. Summerland é tudo aquilo que você quiser. É a companhia de sorrisos, a felicidade em pacotinhos, a renovação da alma e do interior. O bem em sí. Mais como toda luz tem sua escuridão, Summerland abriga a possibilidade de tudo. Pode ser também seu pior pesadelo. É como a versão de todos os seus sonhos, basta pensar neles que  “TCHANÃ!” acontecem! Tudo é energia em Summerland, é uma cidade magica, de verdade. Eu particularmente queria morar lá. É tudo de melhor, me deixa exasperadamente feliz visitar.

 

Isso me leva a mais uma pergunta: É possível um mortal ultrapassar o véu de luz dourada? 
Acho pouco provável. Pouco provável um mortal chegar até ao ponto de ver o portal, mas não custa tentar. Limpar seu interior, incrementar luz em seu eu magico. E o principal: Acreditar. Acreditar que aquilo existe. Vamos, tentem, Meditem e imaginem o véu de luz brilhante e dourada. Quem sabe não nos encontremos em Summerland?

Espero que tenham gostado (e que não tenham lido antes).

Bjs pra vcs imortais

Larih

6 comments on “Entrevista com a Ever

    • Olha, a os direitos audiovisuais da série dos imortais e da riley foram comprados já, no ano passado, então, acho que até o final do ano eles entram em pré produção! Cruze os dedinhos!

  • Obrigada por comentar! ღ

    Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

    Logótipo da WordPress.com

    Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

    Facebook photo

    Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

    Google+ photo

    Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

    Connecting to %s

    %d bloggers like this: